A Trajetória de Tenistas Infantojuvenis: Idade de Iniciação, Treinamento Técnico, Cargas, Lesões e Suporte Parental

Por: , Carlos Adelar Abaide Balbinotti, Layla Maria Campos Aburachid, Manuel João Coelho e Silva e Marcelo Nolf Brandão.

Revista da Educação Física - UEM - v.26 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O presente artigo descreve a idade de iniciação, as cargas de treino e competição, a incidência de lesões, os conteúdos técnicos dos treinamentos e o suporte parental recebido por tenistas infantojuvenis. A amostra do estudo foi composta por 20 atletas (14,2±0,4 anos) e 12 treinadores (34,2±7,6 anos), do sexo masculino.  Como instrumentos foram utilizados duas fichas para o acompanhamento das variáveis sociodemográficas e controle, o ITTT-12 e o Questionário de Suporte Familiar à Participação no Esporte. Realizaram-se cálculos de frequência, tendência central, dispersão e os testes Kolmogorov-Smirnov e t-Student (p≤0,05). Os resultados indicaram que os tenistas iniciaram a prática com aproximadamente oito anos de idade, treinaram em média 427 horas e participaram de 41 jogos oficiais ao longo da temporada. A incidência de lesões e as severidades foram baixas. Os pais serviram de alguma forma como modelo à prática esportiva. Foram encontrados indícios de especialização técnica precoce.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/24547

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.