A Utilização do Game Performance Assessment Instrument (gpai) no Basquetebol: Revisão da Literatura

Por: Rafael Benjamin Santos.

Arquivos em Movimento - v.12 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Este artigo de revisão da literatura teve como objetivo analisar o GPAI na avaliação da performance do Basquetebol. Neste sentido, efetuou-se um levantamento de todos os instrumentos de avaliação no Basquetebol utilizados ao longo dos últimos 26 anos. A revisão dos estudos mostra que o GPAI está eminentemente centrado na dinâmica de jogo formal, possibilitando a mensuração do nível de performance dos jogadores. Este instrumento apresenta algumas limitações na sua aplicação, tais como o fato de não indicar o nível de performance dos atletas, uma vez que os índices de desempenho apenas permitem comparações entre atletas no decorrer do jogo, não existindo assim um critério objetivo que permita situar o jogador num determinado nível de desempenho. Não obstante estas limitações, o GPAI é um instrumento relevante na análise e avaliação da performance no Basquetebol, conjugando com eficácia aspectos de índole técnico e tático em contexto de ensino-aprendizagem.

Referências

BUNKER, D.; THORPE, R. A model for the teaching of games in secondary schools. Bulletin of Physical Education, v.18,n.1,p. 5–8, 1982.

BOHLER, H.; MEANEY, K. Sport education: examining an alternative physical education instructional approach. In: National Convention and Exposition, Research Consortium Pedagogy, Chicago: 2004.

COSTA, I. T. D.; SILVA, J. M. G. D.; GRECO, P. J.; MESQUITA, I. Princípios Táticos do Jogo de Futebol : conceitos e aplicação Os Princípios Táticos. Motriz, Rio Claro, v.15, n.3,p. 657–668, set.2009.

DEL CAMPO, D.G.D; JORDAN, O. R.C; LOPEZ, L.M.G. 2008. Assessment of primary school students’ decision-making and game play ability in a 4 vs. 4 invasion game. In: Association Internationale des Ecoles Superieures d’Education Physique: Teaching Games for Understanding International Seminar, Vancouver, Canadá. may.2008.

DRINKWATER, E. J.; PYNE, D. B.; MCKENNA, M. J. Design and interpretation of anthropometric and fitness testing of basketball players. Sports Medicine, v.38, p.565-578, 2008.

FRENCH, K. E.; THOMAS, J. R. The Relation of Knowledge Development to Children’s Basketball Performance. Journal of Sport Psychology, v.9,n.1,p. 15–32, mar.1987.

GIMÉNEZ, A. M. La observación in vivo del rendimiento deportivo. Un instrumento de análisis en iniciación al baloncesto. Revista digital, Bueno Aires,v.12, dez.1998. Disponível em:< http://www.efdeportes.com/efd12/amendez.htm>. Acesso em: 11.fev.2016.

GRÉHAIGNE, J. F.; GODBOUT, P. Formative assessment in team sports in a tactical approach context. Journal of Physical Education, Recreation & Dance, v.69,n.1,p. 46-51, jan. 1998.

GRÉHAIGNE, J.; GODBOUT, P.; BOUTHIER, D. Performance Assessment in Team Sports. Journal of Teaching in Physical Education,v.16, n.4, p. 500–516, july. 1997.

HARVEY, S.; CUSHION, C. J.; WEGIS, H. M.; MASSA-GONZALEZ, A. N. Teaching games for understanding in American high-school soccer: a quantitative data analysis using the game performance assessment instrument. Physical Education and Sport Pedagogy, v.15, n.1,p. 29-54, dec. 2010.

IGLESIAS GALLEGO, D.; CERVELLÓ GIMENO, E. M.; GARCÍA CALVO, T.; SANZ RIVAS, D.; VILLAR ÁLVAREzZ, F. D. Influencia de un programa de supervisión reflexiva sobre la toma de decisiones y la ejecucución del pase en jóvenes jugadores de baloncesto. Revista de Psicología Del Deporte,v.14,n.2,p. 209–223,set. 2005.

MEMMERT, D.; HARVEY, S. The Game Performance Assessment Instrument (GPAI): Some Concerns and Solutions for Further Development. Journal of Teaching in Physical Education, v. 27, p. 220-240, 2008.

MITCHELL, S.A.; OSLIN, J.L.; GRIFFIN, L.L. Teaching sport concepts and skills: A tactical games approach .Champaign, IL: Human Kinetics, 2006.

OSLIN, J. L.; MITCHELL, S. A.; GRIFFIN, L. L. The Game Performance Assessment Instrument ( GPAI ): Development and Preliminary Validation. Journal of Sport & Exercise Psychology, v.17,n.2, p. 231–243, jan.1998.

RAMOS, V.; SANTOS, M. C. A capacidade de decisão do jovem jogador de basquetebol: um estudo com escolares em Florianópolis. Acta do Movimento Humano, v.1,n.1,p. 35-40, jan. 2005.

RICHARD, J. F.; GODBOUT, P.; GRÉHAIGNE, J. F. Students’ precision and interobserver reliability of performance assessment in team sports. Research Quarterly for Exercise and Sport, v.71, n.1,p.85–91, mar. 2000.

RODRIGUES, J. A. A capacidade de decisão tática e o conhecimento do jogo em jogadores juniores de basquetebol. In: TAVARES, F.; JANEIRA, M.; GRAÇA, A.; PINTO, D.; BRANDÃO, E. (Eds.). Tendências Actuais da investigação em basquetebol. Porto: Universidade do Porto. Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física. p. 227-234, 2001.

STOJANOVIC M.D.; OSTOJIC S.M.; CALLEJA- GONZÁLEZ J.; MILOSEVIC Z.; MIKIC. M. Correlation between explosive strength, aerobic power and repeated sprint ability in elite basketball players. J Sports Med Phys Fitness ,v. 52,n4,p.375-381, 2012.

WRIGHT, S.; MCNEILL, M.; FRY, J.;WANG, J.Teaching teachers to play and teach games. Physical Education & Sport Pedagogy, v.10,n.1, p. 61–82,jan. 2005.

Endereço: https://revista.eefd.ufrj.br/EEFD/article/view/503

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.