A Violência Simbólica no Cotidiano Escolar: Reflexões Sobre o Corpo da Criança na Escola

Por: José Montanha Soares.

Conexões - v.11 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O artigo apresenta um estudo sobre as várias formas de violência simbólica no cotidiano escolar, suas implicações sobre a corporeidade das crianças, sobre os jogos, sobre as brincadeiras e sobre as cantigas infantis. A reflexão sobre o papel da escola nas microestruturas sociais como propagadora de uma ideologia corporal onde a criança se torna peça chave na construção psicológica do adulto submisso à realidade social desigual. Através das rotinas silenciosas da escola forjam-se comportamentos, solidificam-se posturas e impede-se a autonomia destas crianças como futuros cidadãos. A expressão da corporeidade da criança na escola é vista como uma forma de transgressão e inadaptação às regras, mesmo que a isto não se leve em conta a historicidade de cada criança, suas expectativas e anseios no dia a dia da escola.

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/959

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.