A Visão da Pessoa com Deficiência Por Crianças Sem Deficiência Entremeada Pela Dança: Um Encontro de Possibilidades

Por: Camila Lopes de Carvalho, Fernanda Romano da Silva e Oliveira, Keyla Ferrari Lopes e Paulo Ferreira de Araújo.

Motrivivência - v.31 - n.59 - 2019

Send to Kindle


Resumo

A sociedade brasileira é legalmente inclusiva. Contudo, dificuldades em efetivá-la despontam, principalmente referentes às interações pessoais. Assim, esse estudo objetivou verificar a percepção pelas crianças sem deficiência sobre a performance de pessoas com deficiência por meio da dança. Para isso, foi desenvolvida uma pesquisa em três fases: uma inicial com conversa e realização de desenhos por 13 crianças do curso Esporte Criança, do SESC Santana, sobre a pessoa com deficiência e suas possibilidades de dançar; uma intervenção com a vivência, pelas crianças, da Metodologia Contato e Improvisação, com interação com um grupo de dançarinos com deficiência; e uma final construção de um novo desenho sobre o mesmo tema. Com os dados apreciados por análise de conteúdo, foi verificado que o contato entre as crianças e as pessoas com deficiência por meio da dança contribuiu com a superação de preconceitos e com a construção de conhecimento acerca das potencialidades dessa população.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2019e57877

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.