Abordagem Sociológica Sobre a Percepção de Indivíduos Jovens em Relação Ao Uso de Esteróides Anabólico-androgênicos

Por: Fernando Lima e Nicolai Cardoso.

X Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Introdução e objectivos: Os conhecimentos e as informações rela-cionadas ao uso de esteróides anabólico-androgênicos para melhorar o rendimento esportivo, ou mesmo para se alterar a aparência física, ocupam atualmente um espaço importante entre os indivíduos praticantes de atividades físicas regulares, com fins competitivos ou não. Essa presente pesquisa buscou investigar, através de questionários, os conhecimentos e opi-niões sobre o uso de esteróides anabólico-androgênicos entre jovens em nossa sociedade, visando levantar as percepções presentes nesse universo sobre questões relevantes relaciona-das a essas drogas. Material e métodos:Participaram da pesquisa 242 jovens com idade média de 16 (+/-1,14) anos, de ambos os sexos, prati-cantes de musculação em academias por um período médio de 7,4 (+/-7) meses. Foram considerados praticantes os indi-víduos que estivessem treinando musculação à época da pes-quisa, ou que houvessem treinado até os últimos 30 dias ante-riores à mesma. Para a coleta dos dados foi utilizado um ques-tionário (Percepções sobre o uso de Esteróides Anabólico Androgênicos: Q- PEAA) com vinte e nove questões. As questões, de acordo com o seu conteúdo, foram agrupadas e anali-sadas por temas semelhantes. Investigou-se a maneira como se tem acesso às informações sobres essas drogas, o conhecimen-to sobre os efeitos no organismo, e algumas relações sociais envolvidas com o uso. As respostas foram analisadas quantita-tivamente, através de um teste de hipótese para proporção. Principais resultados e conclusões:Os resultados apontam os indi-víduos apresentando um conhecimento sobre várias questões relacionadas aos EAA compatível com os conhecimentos cien-tíficos disponíveis. Nesse momento deve-se refletir sobre até que ponto a quantidade e a qualidade da informação disponí-vel se relaciona com a prevenção do abuso, devendo ser anali-sado com cuidado também a percepção apresentada de que essas pessoas saberiam o que estão fazendo. Um entendimento mais refinado sobre o que representa uma estratégia educativa deve ser pesquisado e desenvolvido. Temas como o risco, a naturalidade e artificialidade da manipulação da forma física, o surgimento e a comercialização das drogas com esta finalidade, os desejos e necessidades do consumo, o hedonismo, a compe-tição e as relações de poder que entremeiam estes temas, se entrelaçam na análise dessa problemática. Os resultados desse estudo sugerem que o nível de informação básico sobre o tema, nesse grupo de respondentes, pode ser considerado aceitável, levantando a questão primordial da relação entre a disponibili-dade de informações e a busca pelo uso de EAA.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.