Academia das Santas Virtudes: a Educação do Corpo Feminino Pelas Beneditinas Missionárias nas Primeiras Décadas do Século Xx

Por: Maria Helena Câmara Lira.

142 páginas. 2009 23/04/2009

Send to Kindle


Resumo

Como a Igreja Católica se empenhou em educar o corpo feminino nas escolas confessionais do início do século XX? Quais práticas corporais perpassavam nesse ambiente? Essas são as questões norteadoras desta dissertação. Pesquisamos sobre algumas iniciativas da Igreja em ofertar uma educação formal para as mulheres, as características das escolas e as práticas corporais que existiam nesse arcabouço. A Congregação das Beneditinas Missionárias vindas da Alemanha e fundadoras de algumas escolas no estado Pernambuco foi a base para nossa narrativa que estendeu uma análise até o final dos anos de 1930, pois, na Academia Santa Gertrudes, primeira escola fundada por esse grupo de Irmãs no Brasil, em 1912, foi possível encontrar nosso material empírico. As fontes dispostas na escola, como, por exemplo, as Crônicas escritas pelas Irmãs, o Histórico da Associação das Instrutoras Missionárias, o Regimento Interno das Alunas e Fotografias das Alunas e Irmãs nos ajudaram na análise proposta, levando em consideração as perspectivas da Nova História. O texto está dividido em quatro capítulos, onde ressaltamos uma contextualização histórica de algumas iniciativas da Igreja Católica que apontaram para a estruturação de instituições de ensino para as mulheres. Destacamos a memória das Beneditinas Missionárias, enquanto uma das congregações vindas da Europa para conduzir caminhos da educação brasileira. Outra questão enfatizada foi a relação entre educação, corpo e religião tendo como referencial alguns autores como Michel Foucault, Ervin Goffman e Norbert Elias. Por fim, realizamos uma análise iconográfica do material presente na instituição, dialogando com outras fontes. Diante disso, percebemos que as Beneditinas realizaram um trabalho educacional coerente ao proposto pela Igreja nas primeiras décadas do século XX, que direcionava uma educação voltada para as Santas Virtudes das mulheres católicas. As práticas corporais presentes nessa instituição revelaram uma possível atitude vanguardista das Beneditinas, que se empenharam desde a construção da escola em ofertar experiências que ressaltavam exercícios físicos, como, por exemplo, a ginástica, os esportes, os jogos e as danças. Porém, todas essas vivências eram reforçadas por uma idéia de ordem, disciplina, moral e decoro mostrando que a educação do corpo feminino pelas Beneditinas Missionárias era uma das Virtudes presentes na escola das Missionárias Alemãs

Endereço: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4229

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.