Acelerômetros, Pedômetros e Monitores de Freqüência Cardíaca São Adequados Para Avaliar o Nível de Atividade Física em Idosos? Uma Revisão Sistemática

Por: Adriana Sarmento de Oliveira, Amilton da Cruz Santos, Dinalva Lacerda Cabral e Maria do Socorro Brasileiro-Santos.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.18 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo

Os instrumentos acelerômetros, pedômetros e monitores de freqüência cardíaca, são freqüentemente utilizados para avaliar nível de atividade física. A utilização de instrumentos adequados para avaliar nível de atividade em idosos favoreceria uma análise mais precisa e embasaria intervenções visando aumentar o nível de atividade neste grupo. Com base no exposto, o objetivo desta revisão foi avaliar se acelerômetros, pedômetros e monitores de freqüência cardíaca são adequados para avaliar nível de atividade física em idosos. Os artigos selecionados para esta revisão estavam indexados nas bases PUBMED, BIREME e COCHRANE LIBRARY. Foram utilizados os descritores “physical activity” e “aged”, e as palavras-chaves “accelerometer”, “pedometer” e “heart rate monitor”. Através da estratégia de busca 834 artigos potencialmente relevantes foram encontrados. Destes, apenas 05 foram considerados elegíveis para análise dos dados. Os estudos apresentaram a validade e/ou a confiabilidade dos instrumentos acelerômetros e/ou pedômetros utilizados. Todos os estudos reportaram a adequação dos instrumentos e apresentaram consenso entre os diferentes estudos que investigaram propriedades semelhantes. Esta revisão indica que acelerômetros e pedômetros são adequados para avaliar nível de atividade física em idosos, por outro lado, esses instrumentos de avaliação sugerem não ser indicado para idosos acima de 80 anos.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1070

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.