Acoplamento Sensório-motor no Controle Postural de Indivíduos Idosos Fisicamente Ativos e Sedentários

Por: Ana Maria Pellegrini, José Angelo Barros Barela e Marcelo Antonio Ferraz.

Motriz - v.7 - n.2 - 2001

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar o acoplamento sensório-motor no controle postural de indivíduos idosos fisicamente ativos e sedentários. Dez adultos jovens, dez idosos sedentários e dez idosos ativos mantiveram a postura em pé sem e com toque (<1N) da ponta do dedo indicador em uma superfície rígida. Na condição sem toque, os idosos sedentários oscilaram mais que os adultos e idosos ativos. Na condição com toque, idosos e adultos reduziram a oscilação corporal e nenhuma diferença foi verificada entre eles. Todos os grupos apresentaram um relacionamento coerente entre a força aplicada e a oscilação corporal, sendo que os idosos apresentaram uma diferença temporal menor do que os adultos. Desta forma, idosos utilizam informação somatosensória da ponta dos dedos para reduzir oscilação corporal, porém utilizando estratégias diferentes da observada em adultos. A prática regular de atividade física contribui para a manutenção da qualidade do controle postural em idosos. Palavras chaves: Atividade física, controle postural, acoplamento sensório-motor, idoso.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.