Actividade Fisica e Composição Coporal: Um Estudo em Adultos Jovens do Sexo Feminino

Por: José A. R. Maia e Vítor P. Lopes.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O propósito do estudo foi analisar a influência da actividade física diária (AFD) na composição corporal de jovens adultos do sexo feminino. Constituíram a amostra 111 adultos jovens (20,92 anos de idade) do sexo feminino. A AFD foi estimada através de questionário. A composição corporal foi avaliada através do método de bio-impedância usando o Tanita TBF105. O Output indica o valor das massas gorda e magra bem como da água corporal total. O peso e altura foram avaliados e calculado o índice de massa corporal (BMI) (peso (kg) / altura (m)2). A análise foi feita em grupos extremos, isto é, foram apenas considerados os indivíduos com índice de AFD < P25% ou AFD > P75%. Foi usado o t de Student para amostras independentes para analisar a diferença entre os grupos extremos de AFD na percentagem de gordura corporal e no BMI. Os resultados indicam diferenças significativas entre os grupos extremos apenas na percentagem de gordura corporal (t (60) = 3,091; p = 0,003), tendo o grupo extremo P75% valores inferiores de gordura corporal (25,97% versus 32,25%). A quantidade de gordura corporal é influenciada pelo balanço entre a ingestão e o gasto de calorias. Dados de investigações recentes indicam que a quantidade de calorias ingeridas tem diminuído, aumentando, no entanto, os casos de obesidade e sobre-peso. O que, tal como os resultados do presente estudo indicam, a única forma de lutar de uma forma saudável contra o excesso de gordura corporal é aumentando o gasto energético através da actividade física.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.