Acurácia de índices Alternativos Para Avaliar o Estado Nutricional de Homens e Mulheres

Por: Diego Rodrigo Both, Guilherme Adroaldo Moraes Pereira, Mauri Schwanck Behenck e Silvana Correa Matheus.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.19 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Uma boa avaliação do estado nutricional requer o conhecimento da composição corporal, colocando em dúvida a acurácia de alguns índices. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi analisar a acurácia dos seguintes índices de avaliação do estado nutricional: Índice de massa Corporal (IMC), IMC elevado a 2,5 (IMC2,5), Índice de Massa Gorda (IMG) e IMC ajustado pela massa gorda (IMCgordura). Participaram do estudo 280 sujeitos (idade entre 17 e 48 anos), dos quais foram analisados os resultados dos índices IMC, IMC2,5, IMG e IMCgordura; tendo como método de referência a Pesagem Hidrostática. O IMG apresentou o maior valor de concordância, porém classificado como discreto (k = 0,21). Já os demais índices apresentaram concordância pequena com os resultados do método de referência (k<0,20). Em conclusão, nenhum dos índices investigados apresenta boa acurácia para avaliar o estado nutricional do público em questão, tendo em vista que, apesar de mostrarem resultados de correlação com o método de referência, não atingem o critério mínimo de concordância.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2017v19n3p290

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.