Aderência Aos Programas de Exercícios Físicos em Academias de Ginástica na Cidade de Curitiba - Pr

Por: Paola Neiza Camacho Rojas.

112 páginas. 2003

Send to Kindle


Resumo

o objetivo deste estudo foi investigar qJatores associados com a aderência em programas e exercícios físicos ofertados em academias da cidade e Curitiba. Foram analisados os determinantes pessoais, características do programa de exercícios físicos e da academia, facilitadores e barreiras percebidos. A amostra foi formada pôr 80 adultos jovens (18 a 44 anos), sendo 45 mulheres e 35 homens. Foi realizado o acompanhamento da amostra por 28 semanas, de junho a dezembro de 2002. As informações iniciais foram coletadas através de questionário, composto por seções sobre determinantes pessoais, programa de exercícios e da academia, facilitadores e barreiras percebidos. Os dados foram analisados com estatística descritiva, teste de Qui-quadrado e Análise de Sobrevida (Kaplan-Meier com teste Long Rank). A idade média da amostra foi de 25,8 anos (DP=6,O). A maioria era de solteiros, entre 18 e 29 anos, sem filhos, com escolaridade de nível superior e fazia parte das classes A e B. Identificou-se 20,0% de fumantes e 35,0% de pessoas com evento de consumo excessivo de álcool. A aderência foi de 36,3% (n=29), sendo que a maioria desistiu antes de completar cinco meses no programa. Com a Análise de Sobrevida foram identificados os potenciais determinantes da maior aderência aos programas. A aderência foi maior entre as pessoas que freqüentaram academia com preço mais alto, mais de 10 programas à disposição, menor quantidade de usuários por professor, maior tempo por dia na academia e programas de intensidade vigorosa, de Spinning e nos aparelhos ergométricos (bicicleta, esteira, etc.). A presença de amigos freqüentando a mesma academia também foi associada com maior aderência. As características pessoais associadas positivamente foram: sexo masculino, ser solteiro ou viver só, maior escolaridade para as mulheres, jornada de trabalho diário entre 4 e 8 horas, estar satisfeito com a massa corporal, percepção positiva de saúde e de bem estar em casa. Sugere-se que esses fatores sejam considerados no planejamento de atividades de academias de ginástica de Curitiba-PR e que sejam realizados estudos prospectivos em diferentes regiões do país, para identificar se há diferenças nesses resultados.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2190&listaDetalhes%5B%5D=2190&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.