Adesão a Um Programa de Atividade Física Baseado no Incremento do Número de Passos Diários, Por Homens Saudáveis Sedentários

Por: Luiz Fernando Junqueira Junior e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.16 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO: O sedentarismo é um problema de saúde pública e um dos principais fatores modificáveis de risco cardiovascular. O aumento do nível de atividade física é um enorme desafio, para o qual intervenções práticas e de baixo custo devem ser avaliadas. OBJETIVOS: Avaliar a adesão a uma intervenção para aumento da atividade física baseada no incremento, em curto prazo, de 3500 passos diários acima do habitual. MÉTODOS: Foram estudados 19 homens saudáveis, insuficientemente ativos, entre 19 e 46 anos e índice de massa corporal de 24,6?2,7 Kg/m2. Para quantificação do número de passos diários empregou-se pedômetro Yamax-SW700. O padrão habitual de passos diários foi quantificado por duas semanas, após o que foi instituído, durante três semanas, incremento de 3500 passos/dia acima da média habitual. A meta da intervenção foi constatada pela comparação pareada entre o número de passos/dia acumulados nas duas fases do estudo, por meio do teste de Wilcoxon. A adesão à intervenção foi avaliada pelo percentual de cumprimento da meta de passos instituída. O nível de significância estatística foi estabelecido como p < 0,05. RESULTADOS: A mediana (extremos) dos passos diários durante a intervenção foi superior (11772; 8998 – 18620) ao habitualmente acumulado (7295; 4700 – 14752) (p=0,0001). A mediana do percentual de cumprimento da meta foi 106,2% (83,4 – 119,9%). CONCLUSÕES: A intervenção de incremento de 3500 passos diários mostrou-se exeqüível e de elevada adesão, no curto prazo, para aumento da atividade física, representando uma alternativa para programas e políticas de combate ao sedentarismo, ao menos para indivíduos saudáveis sedentários.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/933

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.