Afogamento: Tragédia Sem Atenção

Por: Anthony Handley, David Szpilman, James Orlowski e Joost Bierens.

Revista Emergência - n.9 - 2012

Send to Kindle


Resumo

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), 0,7% de todas as mortes em todo o Dmundo - ou mais de 500 mil mortes a cada ano - são devido a afogamento não intencional. Como alguns casos de óbitos não são classificados como afogamento pela CID (Classificação Internacional de Doenças), este número subestima os números reais, mesmo para países de alta renda, e não inclui afogamentos que ocorrem como resultado de inundações, tsunamis e acidentes de navegação.

Afogamento é a principal causa de morte no mundo entre meninos de cinco a 14 anos de idade. Nos Estados Unidos, afogamento é a segunda causa de morte por trauma entre crianças de um a quatro anos de idade, com uma taxa de mortalidade de três por 100.000, e, em alguns países, como Tailândia, o índice de mortalidade na faixa de dois anos de idade é de 107 por 100.000. Em muitos países na África e na América Central, a incidência de afogamentos é dez a 20 vezes maior do que a incidência nos Estados Unidos. Fatores de risco para o afogamento são o sexo masculino, idade inferior a 14 anos, uso de álcool, baixa renda familiar, baixo nível educacional, residência rural, maior exposição ao meio aquático, comportamento de risco e falta de supervisão.

Endereço: http://www.revistaemergencia.com.br/edicoes/9/2012/J9yJ

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.