Ah! Eu Sou Gaúcho

Por: Arlei Sander Damo.

Estudos Históricos - v.13 - n.23 - 1999

Send to Kindle


Resumo

Discute-se neste artigo, a partir da performance do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense entre 1995 e 1997, a polêmica em torno das identidades regionais e nacionais. As inúmeras conquistas do clube gaúcho nesse período suscitaram uma série de manifestações acerca do estilo gremista de jogar futebol e, por extensão, do "ser gaúcho". Criou-se, então, uma polêmica extra-campo, desde as arquibancadas até a mídia especializada. De um lado, os que consideravam o Grêmio um time violento. De outro, os que viam nele apenas um espírito guerreiro. Como enquadrar o estilo gremista no cenário nacional, se ele parecia afrontar o "futebol-arte", desde muito caracterizado como próprio dos brasileiros? Eis a questão. O que, no princípio, poder-se-ia considerar uma discussão circunscrita ao universo futebolístico, acabou voltando-se para a esfera das identidades regionais e às antigas, porém atuais, querelas entre gaúchos e brasileiros. Trata-se de um entre tantos dilemas nacionais operacionalizados a partir do futebol.

Endereço: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/2085

Ver Arquivo (PDF)

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.