Além de Trabalhar Equilíbrio, Regras e Força, Jogos de Combate Permitem Discutir a Violência e Mostram a Importância do Respeito Ao Adversário

Por: Bianca Bibiano.

Nova Escola - n.222 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Na EMEF Antônio Carlos de Andrada e Silva, na capital paulista, a turma do 8º ano luta esgrima. As espadas e os floretes são pequenas lanças feitas de jornal, o tablado é o chão do pátio e marcam-se com tinta os golpes. Mas a concentração e o respeito ao adversário são iguais aos de um esgrimista profissional. Enquanto isso, na EEEM Santo Augusto, em Santo Augusto, a 512 quilômetros de Porto Alegre, os alunos do 7º ano experimentam o judô. Eles aprendem as noções de equilíbrio e desequilíbrio de joelhos no chão, em combates adaptados para evitar quedas. Não é a arte marcial como se vê nas Olimpíadas, mas cumpre o mais importante: compreender os princípios de movimento que estruturam a modalidade.

Endereço: http://revistaescola.abril.com.br/educacao-fisica/fundamentos/vamos-luta-466873.shtml

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.