Ambiente e Acessibilidade Para Pessoas com Deficiência no Desenvolvimento de Atividades Esportivas em Piscinas: Um Estudo de Casos

Por: Taís Prinz Cordeiro.

194 páginas. 2010 26/03/2010

Send to Kindle


Resumo

O trabalho realizado com pessoas com deficiência representa um grande desafio no sentido de proporcionar uma equiparação de oportunidades, sem privilégios de apenas uma minoria. A luta para a garantia destes espaços de igualdade para os cidadãos ampara-se nas leis e normas, já que estar em sociedade representa ter deveres e direitos que devem ser obedecidos e respeitados. O presente estudo surge da necessidade de reflexão sobre as questões de acessibilidade para pessoas com deficiência no desenvolvimento de atividades esportivas em piscinas. O objetivo do estudo foi o de investigar como os professores de natação de instituições de ensino superior e os alunos com deficiência compreendem os problemas socioambientais de acessibilidade nas aulas de natação. O método utilizado baseia-se no paradigma qualitativo, caracterizado como estudo de casos. Para a coleta de informações necessárias à realização deste estudo, foram utilizadas como instrumentos: observações seletivas, entrevistas semiestruturadas e análises fotográficas. A partir da coleta de informações foram selecionadas as categorias de análise: 1) barreiras e condições de acessibilidade no ambiente da prática da natação; 2) acessibilidade e o professor de natação; 3) impactos socioambientais derivados das condições de acessibilidade para os alunos com deficiência nas aulas de natação. A análise das informações refere-se exclusivamente às duas instituições pesquisadas, sem ter a pretensão de generalizar os achados, uma vez que as reflexões foram compreendidas de forma contextualizada no tempo e no espaço em que ocorreu a coleta de informações. Os resultados extraídos demonstram que adaptações e modificações são necessárias devido à falta de mobilidade de muitos alunos ou à outras dificuldades apresentadas por estes. Durante as observações realizadas nos dois contextos também foram encontradas facilidades proporcionadas pela estrutura física e pela mobilização atitudinal dos professores e funcionários frente aos alunos com deficiência. Mas ainda é necessário que as instituições repensem suas barreiras burocráticas, sociais e pedagógicas no sentido de proporcionar práticas verdadeiramente inclusivas para todos os alunos. PALAVRAS-CHAVE: Pessoas com deficiência. Acessibilidade. Aulas de natação.

Endereço: http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=181346

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.