Ambiente Escolar e Atividade Física em Escolares de Pelotas, Rs.

Por: Margarete Oleiro Marques.

99 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Tendo em vista as evidências científicas que apontam para os benefícios da AF na infância/adolescência como um fator associado a uma vida saudável, e o papel da escola formação destes hábitos, torna-se imprescindível conhecer as barreiras e os facilitadores que a escola está disponibilizando às crianças e adolescentes, como forma de auxiliar no encaminhamento de mudanças necessárias a serem realizadas. Este trabalho teve como objetivo descrever o ambiente escolar em relação à oferta e condições para a prática de AF, e investigar o nível de AF de escolares de oito a 12 anos, em Pelotas. Metodologia: estudo transversal, de base escolar. A amostragem foi realizada em conglomerado em duplo estágio, estratificada por rede, nível e série de ensino. Vinte escolas foram selecionadas: 9 municipais, 6 estaduais e 5 particulares. Em cada uma foram selecionados 50 alunos, de 2ª a 6ª série, na faixa etária de oito a 12 anos. As crianças foram pesadas e medidas e foram aplicados os seguintes instrumentos: entrevista com as crianças; identificação do ambiente físico escolar; questionários sobre instalações e equipamentos disponíveis na escola para AF e questionário sobre a oferta de atividades extraclasse (AEC) e acesso à infraestrutura escolar. Resultados: As escolas possuem espaço físico obrigatório para AF, porém a infraestrutura encontrada na maioria (75%) não é adequada ao clima da cidade, não dispondo de espaços cobertos, e sendo pouco acessíveis aos escolares. A prevalência de sedentarismo entre os escolares foi elevada, sendo que apenas ¼ deles foram classificados como ativos. Embora a maioria (80%) das escolas ofereça AEC, estas atingem um número restrito de alunos. De acordo com os profissionais envolvidos, a infraestrutura e os materiais disponíveis não são suficientes nem de boa qualidade. Conclusão: É urgente e necessário que sejam realizadas intervenções em nível escolar, especialmente através da implementação de políticas públicas, com ênfase na melhoria dos espaços para a prática de AF visando à adoção de um estilo de vida saudável entre escolares através da prática regular de AF
 

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissertacoes-2012/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.