Análise Espacial do Bairro de Perdizes: Lugar e Não Lugar Como Fatores de Análise de Atividades de Lazer

Por: .

XXV ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

A visão crítica da realidade é fundamental para compreensão das relações que ocorrem em determinado espaço, sejam elas configuradas no contato com o concreto, sejam elas interpessoais, adquirindo um caráter imaterial e abstrato. Dessa forma, a presente pesquisa investigou o bairro de Perdizes a fim de realizar uma análise espacial focada nas relações que os moradores, transeuntes, visitantes e trabalhadores apresentavam entre si e para com a localidade, tendo por objetivos identificar as relações topofílicas que se firmavam e categorizar esses espaços como lugares ou não lugares. Para tal, examinaram-se livros e artigos para construção de um referencial teórico que discutisse os principais conceitos e temas envolvidos, e, em seguida, na pesquisa de campo, entrevistas semiestruturadas com público mencionado, questionando-os sobre: a) as principais motivações que os levaram a morar/frequentar o bairro, b) se conheciam e se identificavam com a história da localidade, c) como, e se, estabeleceram relações com as pessoas que convivem ali e d) se percebiam algum ponto negativo.

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.