Análise da Ansiedade Traço Competitiva em Jovens Atletas

Por: Arli Ramos de Oliveira, Clovis Corrêa Luiz Junior, e Márcia Greguol.

Conexões - v.8 - n.3 - 2010

Send to Kindle


Resumo

A ansiedade no contexto esportivo é um dos fatores psicológicos de muita relevância para os atletas, pois suas diferentes formas de manifestações poderão ou não influenciá-los no momento da competição. Assim, este estudo teve o objetivo de verificar os níveis de ansiedade-traço em atletas infanto-juvenis de diferentes modalidades esportivas. Para tanto foram analisados 73 atletas do sexo masculino, com média de idade de 13,2 anos (±1,88) e tempo de prática de 3,43 anos (±1,79), adeptos de basquetebol, futebol, judô, natação e voleibol. O instrumento de avaliação utilizado foi o “Sport CompetitionAnxiety Test (SCAT), desenvolvido por (MARTENS,1977), o qual avalia os níveis de ansiedade-traço competitiva. Os resultados demonstraram que os atletas, apesar de serem jovens, não apresentaram escores elevados de ansiedade-traço. As análises dos dados revelaram ainda que houve diferença estatisticamente significante nos níveis de ansiedade entre as modalidades individuais e coletivas.

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/496

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.