Análise Bibliográfica das Patologías Mais Frequentes na Terceira Idade e a Sua Relação com os Programas de Actividade Física

Por: Aida Dominguez e Victor Arufe.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Os hábitos não saudavéis de uma grande parte da população (como o sedentarismo,
a má alimentação, o tabaco, o alcool, etc.) producem um aumento do risco de sofrer
diversas patologías denominadas crónicas, como são a hipertenção arterial, obesidade,
problemas cardiovasculares, psicológicos, patologías oestoarticulares, trastornos
respiratorios, hipercolesterolemia, arteriosclerose, diabetes (BRILL, COL & BLAIR, 1992;
MONTOYE, 1992; KOHL, GORDON et al., 1992;BLAIR, 1993; POWELL & PAFFENBARGER,
1985). Este facto indica que a mudança para um estilo de vida sedentário pode
resultar-lhe perjudicial ao indivíduo e consequentemente num aumento dos custos
para a sociedade. O presente estudo analisa a função reabilitadora e preventiva do
exercício físico sobre as patologías mais frequentes na terceira idade, que se têm
publicado em revistas científicas ao longo dos últimos 15 anos. A pesquisa bibliográfica
tem-se realizado através da base de dados Medline. Foi efeituada uma revisão exaustiva
da liteiratura científica publicada entre os anos 1990 e 2005 com relação a saúde em
terceira idade. Da mesma, seleccionaram-se 68 artigos que fazem referência a algum
tipo de problemas nestas pessoas. As patologías cardiovasculares são as máis
referenciadas, com um 37,3%. Em segundo lugar encontram-se os estudos sobre o
cancro com um 16,4% dos casos (o de mama, de pulmão e gastrointestinal abrangem
mais do 50% dos estudos) o resto da mostra refere-se fundamentalmente às patologías
respiratórias e os problemas psicológicos. Na sua maioría, as investigações estudavam
a função reabilitadora (76,5%) do exercício físico frente da preventiva.Analisando
estas patologías, observamos que o enfarto de miocárdio está no topo da lista de
doenças cardiovasculares, seguida das patologias coronárias em pacientes com
hemodiálise e a hipertensão. Continuando com as patologías respiratórias, a capacidade
pulmonar obstruída predomina com uma percentagem de estudos do 86,1%. Nas
patologías osteoarticulares e musculares sobressai com mais da metade da amostra,
a osteoporose. A destacar também a presença de estudos sobre a fibromialgia. Estes
estudos mostram que o exercicio físico actua como principal agente reabilitador em
numerosas patologías com grande incidência na sociedade actual, tais como o cancro,
patologías cardiovasculares, respiratórias, obesidade, osteoporose, etc. Devemos
promover o...

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/62_Anais_p235.pdf

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.