Análise Biomecânica da Marcha de Crianças em Ambiente Aquático

Por: Patrícia Vieira de Souza.

2006

Send to Kindle


Resumo

O objetivo dessa pesquisa foi analisar parâmetros biomecânicos da marcha de crianças normais de 7 a 12 anos em ambiente aquático. Analisou-se características cinemáticas e dinamométricas, a fim de se verificar o comportamento das mesmas no ambiente mais utilizado para a educação da marcha de indivíduos com as mais diversas patologias. Para a realização desse estudo foram utilizadas plataformas de força subaquáticas para aquisição das componentes vertical e anteroposterior das forças de reação do solo (FRS)e das curvas geradas por essas forças na caminhada dentro da água. Para aquisição dos dados cinemáticos, foram utilizadas câmeras filmadoras digitais com caixas estanques. Assim, foram analisados os ângulos do joelho e tornozelo através das imagens adquiridas, além dos valores espaço-temporais da marcha das crianças. Também foi realizada uma analise subjetiva das estratégias corporais da criança dentro da água e suas implicações nos picos de força. Após as coletas de dados da marcha na água as informações dinamométricas foram armazenadas e processadas pelo programa SAD32® versão 3.0. As imagens foram digitalizadas pelo software DeGeeMe (Geeware®). Foi realizada estatística descritiva para os resultados encontrados.Foram obtidas diversas conclusões acerca do movimento que as crianças realizam dentro da água:há uma redução de ate 82% da carga corporal da criança em relação ao ambiente terrestre, e a curva de força vertical dentro da água assemelha-se a um trapézio. As crianças não realizam a fase negativa da curva anteroposterior , e a força anterior chega a 13% do peso corporal. A figura da curva lembra um triângulo. As crianças caminham com maior flexão de joelhos e fazem o contato inicial com o pé plano sobre a passarela. Há uma tendência na forma de flexionar ou estender os joelhos e tornozelos de influenciar significativamente nas curvas de força vertical adquiridas. Sugere-se um aprofundamento nos dados encontrados e o estudo de outras variáveis que também influenciam na marcha subaquática, para que a vida de crianças que necessitam de recuperação funcional possa ser melhorada.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.