Análise Biomecânica da Pernada Alternada no Polo Aquático

Por: Sônia Cavalcanti Corrêa.

Revista da Educação Física - UEM - v.21 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar o arremesso a gol a partir da marca do pênalti. A amostra foi de seis jogadores de polo aquático com idade entre 15 e 17 anos. Os indivíduos foram filmados no plano sagital por uma câmera subaquática após receberem marcações específicas nas articulações. Os resultados foram: os valores de deslocamento do quadril obtidos pelos atletas variaram de 0,15m a 0,29m; o indivíduo que obteve o maior deslocamento da marca do quadril no instante da impulsão final mudou o sincronismo, adiantando a extensão do joelho, que acontece logo após a extensão do primeiro, apresentou uma maior amplitude na extensão do joelho e maiores valores da velocidade horizontal do pé e adotou um padrão de movimento do pé que envolve trajetórias curvas. Isto está de acordo com a literatura, portanto estas variáveis devem ser ferramentas utilizadas no processo de aprendizagem, pois também ajudam a prevenir lesões.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/6816/5703

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.