Análise da Capacidade Aeróbia e Anaeróbia de árbitros de Elite do Brasil

Por: .

Revista da Educação Física - UEM - v.19 - n.1 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo determinar o nível de aptidão física dos árbitros profissionais de elite dos Estados do Paraná e do Piauí. Para tanto só foram utilizados testes físicos que compõem a bateria de testes da FIFA. A população deste estudo se constituiu de árbitros da Federação Paranaense de Futebol e da Federação Piauiense. A amostra foi composta por 27 árbitros do Paraná e 10 árbitros do Piauí, credenciados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A bateria de testes-padrão da FIFA é de: uma corrida de 12 minutos (teste de Cooper), dois piques de 50 metros e dois piques de 200 metros, sendo estes últimos aplicados de forma intercalada. A média obtida durante a corrida de 12 minutos foi de 2818 ± 163,48 metros. Os árbitros percorreram 50 metros em 7,12 ± 0,28 segundos e nos piques de 200 metros em 29,99 ± 1,56 segundos. A análise dos dados permitiu concluir que, em termos absolutos, os árbitros do Paraná apresentaram melhores resultados em todos os testes físicos, portanto estariam mais preparados fisicamente para arbitrar jogos de nível nacional.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/4317/3461

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.