Análise da Carreira Desportiva de Atletas das Regiões Sul e Sudeste do Brasil. Estudo dos Resultados Desportivos nas Etapas de Formação

Por: , António Marques e Cristina Cafruni.

Revista Portuguesa de Ciências do Desporto - v.6 - n.1 - 2006

Send to Kindle


Resumo

A exigência de resultados elevados em desportistas em processo de formação tem sido amplamente questionada na literatura. De acordo com os especialistas, os resultados só devem ser valorizados na última das três etapas do período de formação. Com efeito, a utilização de estratégias tendo em vista a obtenção de resultados nas fases iniciais prejudicaria a obtenção de resultados elevados na etapa de alto rendimento. Neste sentido, o objetivo principal deste estudo foi verificar se atletas que atingiram resultados elevados no desporto de alto nível já apresentavam resultados relevantes durante os períodos de formação. A amostra foi constituída por 165 atletas de alto nível, das regiões sul e sudeste do Brasil, que faziam desporto em seis modalidades - ginástica olímpica, ginástica rítmica, natação, tênis, voleibol e futsal. A informação sobre os resultados obtidos durante as três etapas da formação desportiva propostas por Platonov, foi recolhida através de consultas às federações e da aplicação de um questionário aos atletas. O estudo permitiu concluir que: a) os atletas demonstraram um baixo percentual (27,5%) de altos resultados na primeira etapa, um percentual acima do esperado (67,3%) na segunda etapa, e um elevado percentual (87,3%) na terceira etapa; b) a comparação entre as modalidades revelou diferenças significativas (p<0,05) na primeira e na segunda etapas, todavia, na terceira etapa, os resultados indicaram grande relevância em todos os desportos. Palavras-chave: treino, competição, crianças e jovens, resultados desportivos, treinamento a longo prazo.

Endereço: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232006000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.