Análise da Carreira Esportiva de Jovens Atletas de Futebol na Transição da Fase Amadora Para a Fase Profissional: Escolaridade, Iniciação, Contexto Sócio-familiar e Planejamento da Carreira

Por: Maurício Pimenta Marques.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.23 - n.2 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisou a carreira de jovens atletas de quipes de alto nível esportivo do futebol brasileiro que se deparam com a transição do esporte amador para o sporte profissional. Os objetivos do estudo foram: a) levantar dados relativos à sua escolaridade; b) dentificar fatores relevantes na sua formação esportiva inicial; c) caracterizar seu contexto familiar e social; d) identificar fatores que influenciam no planejamento de sua carreira esportiva. A amostra do studo foi composta por 186 jogadores com média de idade de 18,46 anos (± 0,82). Os instrumentos de oleta utilizados foram: 1) entrevista estruturada composta de 46 questões desenvolvida a partir o Athletic and Postathletic Questionnaire (Questionário Atlético e pós-atlético) e do Sports Career ransitions Questionnaire (Questionário de Transições da Carreira Esportiva) e 2) entrevista emi-estruturada. Os resultados encontrados mostraram que a maioria dos atletas tem dificuldade de conciliar studos e treinamento e que sua formação esportiva inicial se deu principalmente na prática do utebol de rua. Quanto ao contexto familiar e social, descobriu-se que a maioria das famílias é de classe socioeconômica média baixa e baixa, indicando ainda mudanças drásticas quanto aos seus círculos ociais. A maioria dos atletas afirma planejar aspectos específicos de sua carreira esportiva, exceto om relação aos estudos.

Endereço: http://www.revistasusp.sibi.usp.br/pdf/rbefe/v23n2/v23n2a02.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.