Análise Cinesiológica do Movimento de Escora de Velejadores da Classe Laser em Diferentes Posições do Barco em Relação Ao Vento

Por: Caroline Ruschel.

Revista da Educação Física - UEM - v.19 - n.4 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo descrever o movimento de escora de 2 velejadores da classe Laser, relacionados entre os 5 melhores do Brasil. Os atletas foram filmados em situação de regata e foram consideradas para análise duas situações: bordo do tipo 1, quando a escora é realizada em condição de contravento; e bordo do tipo 2, quando a escora é realizada em condição de vento de través. A atividade muscular em ambas as situações é semelhante, com exceção dos músculos responsáveis pela rotação e flexão lateral de tronco, que no bordo do tipo 2 são solicitados com maior freqüência e intensidade. Também no bordo do tipo 2 observou-se uma assimetria na posição do velejador, podendo levar a uma maior solicitação de um dos lados do corpo. Acredita-se que a análise do movimento de escora auxilie no desenvolvimento de programas de treinamento seguros e específicos, potencializando o desempenho e prevenindo lesões.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/4717/3781

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.