Análise Cinética do Soco no Karatê em Postura Natural e Avançada

Por: Fernanda Todeschini Viero.

2011

Send to Kindle


Resumo

O principal objetivo deste estudo foi analisar as características cinéticas do soco no Karatê em postura natural e avançada onde os objetivos específicos propostos foram verificar os valores de força (componente ortogonal ao alvo fixo) gerados pelo soco direto do karatê durante o impacto no alvo fixo; medir forças de reação do solo nas três direções ortogonais: vertical (z), ântero-posterior (y) e médio lateral (x); comparar o pico de força do soco normalizado pelo peso corporal entre a postura natural e a postura avançada; e comparar o percentual do peso corporal no momento de pico de força do soco entre a postura natural e a postura avançada. Participaram deste estudo nove praticantes de Karatê Shotokan Tradicional, do sexo masculino, graduados a partir do 1o dan, e com idade superior a dezoito anos, todos convidados a participar voluntariamente do estudo. Para as coletas das forças de reação do solo foram utilizadas duas plataformas de força AMTI modelo OR6-GT e para a análise do soco foi desenvolvido um dispositivo com o alvo fixo instrumentado. A coleta de dados foi dividida em duas etapas, na primeira foi avaliado o soco direto na postura avançada e na segunda foi avaliado na postura natural. Foram coletados os dados dos participantes, tomadas as características antropométricas e após aquecimento individual, o mesmo ajustou-se à posição pré-estabelecida nas plataformas de força em frente à coluna, onde se encontrava o aparato com o alvo fixo instrumentado para a execução dos socos a nível médio. Os parâmetros cinéticos analisados foram interpretados com auxílio de uma rotina no software Scilab-5.3.3 (INRA, França). Para apresentar os dados foi utilizada a estatística descritiva. Adicionalmente, foi utilizado o teste t pareado para verificar diferenças nos parâmetros da execução do soco entre a postura avançada e natural. Todos os testes foram realizados com auxílio do software SPSS 17.0 (SPSS, EUA) a um nível de significância de 5%. Pelos resultados verificou-se que para os valores absolutos de impacto encontrados neste estudo independente da postura adotada confirmam o karatê como sendo a arte da doutrina do golpe definitivo. No que tange às forças de reação do solo nas três direções ortogonais (z, y, x), respostas foram obtidas para as forças nas direções ortogonais z e y, sendo que em contrapartida para a direção ortogonal x, a mesma foi desprezada diante da necessidade de uma análise mais acurada. Quanto às comparações se obtiveram resultados significativos (p<0,05) para as intensidades dos socos entre as posturas avançada e natural e resultados não significativos (p>0,05) para os pesos percentuais durante o momento de pico de força do soco entre as posturas avançada e natural. Por fim, destacou-se que ao que parece o giro do quadril tem tanta importância na eficiência do golpe haja vista que se pode fazer uma relação entre a intensidade obtida através do impacto do golpe e magnitude do sistema binário gerado pelas ações dos pés.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.