Análise Comparativa das Respostas Cardiopulmonares e do Gasto Energético da Caminhada em Esteira de Homens Eutróficos e Homens com Excesso de Peso Corporal

Por: Guilherme de Jesus Ibrahin.

64 páginas. 2014 27/02/2014

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou investigar as respostas cardiopulmonares e do gasto energético da caminhada de homens jovens de diferentes classificações do estado nutricional. Participaram 36 homens, de 18 a 34 anos, não treinados, agrupados em: 12 eutróficos (GET), 12 com sobrepeso (GSO) e 12 obesos (GOB), de acordo com o índice de massa corporal (IMC). Os voluntários foram submetidos a um teste cardiopulmonar submáximo, protocolo de caminhada em esteira a uma velocidade de 6,0 km/h durante 30 minutos. Foi calculada a normalidade dos dados pelo teste de Shapiro-Wilks. Para os dados com distribuição paramétrica foi realizado o teste t de Student para amostras independentes na comparação, já os dados com distribuição não paramétrica foi utilizado o teste de Mann-Whitney. O nível de significância foi pré-fixado em p < 0,05. Quando comparados os resultados entre os grupos GET com GSO e o GET com GOB, os grupos GSO e GOB apresentaram maiores valores de consumo oxigênio absoluto (VO2 l/min), frequência cardíaca (FC), ventilação pulmonar (VE), gasto energético (GE) e gasto energético total em 30 minutos que o grupo GET. Não houve diferença significativa nos valores do VO2 relativo (ml/kg/min), do MET e da Percepção Subjetiva do Esforço (PSE) entre as comparações GET com GSO e GET com GOB. Os valores percentuais da caminhada em relação à FCmax prevista foram maiores nos grupos GSO e GOB quando comparados com o GET. Conclui-se que o GSO apresentou maior demanda energética que o GET, com os dois grupos podendo atingir a recomendação do American College of Sports Medicine (ACSM) de aproximadamente 1000 kcal semanais caminhando a 6,0 km/h cinco ou seis vezes por semana, mas os valores percentuais da FCmax prevista foram abaixo dos recomendados para se obter uma melhora cardiorrespiratória. O GOB apresentou maior demanda energética que o GET, podendo atingir acima de 1000 kcal semanais caminhando a 6,0 km/h cinco vezes por semana, com valores percentuais da FCmax prevista moderada, sugerindo esta intensidade da caminhada um exercício físico eficaz para treinamento físico de homens jovens obesos.

Endereço: https://www.unimep.br/phpg/bibdig/aluno/visualiza.php?cod=1193

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.