Análise da Influência da Forma de Realização do Teste de 3000 Metros Sobre o Limiar Anaeróbio em Corredores de Rua Recreacionais

Por: Beatris Lourdes Alves Huhn, Fabiano Fernandes da Silva, Paulo Galvão de Faria, Renato Aparecido de Souza e Wonder Higino.

XX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

A corrida de rua é uma modalidade esportiva que vem crescendo significativamente nos último anos. Visando a melhora do desempenho nessas provas, a determinação do limiar anaeróbio (Lan) se faz importante no sentido de estabelecer critérios para o treinamento específico desses atletas. O Lan pode ser facilmente determinado através de um teste 3000m, sem a necessidade de equipamentos sofisticados, fornecendo valores confiáveis para o treinamento. Contudo, ainda há uma inquietação quanto à forma de aplicação deste teste para que o mesmo seja altamente fidedigno. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi analisar a influência da forma de realização do teste indireto de 3000 metros sobre o resultado final da determinação do Lan em corredores de rua recreacionais. Participaram da amostra 31 indivíduos, que realizaram o teste de 3000m de duas maneiras: teste individual (TI) e teste em grupo (TG) de acordo com limiar anaeróbio. Para os valores médios de pace foram obtidos: TI 5,30 ± 0,94 minutos e TG 5,17 ± 0,87 minutos (p=0,02); e para o tempo total do teste: TI 15,98 ± 2,84 minutos e TG 15,56 ± 2,61 minutos (p=0,007). Nossos resultados permitem inferir que o teste de 3000 m realizado em grupo apresentou valores significativos melhores do que o mesmo teste realizado de forma individual.

Endereço: http://congressos.cbce.org.br/

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.