Análise da Síndrome de Burnout em Bailarinos

Por: Daniel Alvarez Pires, Elói Ferreira Filho, e Varley Teoldo da Costa.

Revista da Educação Física - UEM - v.25 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Os objetivos deste estudo foram avaliar os indicadores de burnout em bailarinos dos sexos feminino e masculino e comparar as percepções das dimensões da síndrome de burnout entre os grupos. Os participantes foram 41 bailarinos de ambos os sexos (29 mulheres e 12 homens) vinculados a escolas de ballet e academias/clubes dos municípios de Belo Horizonte e Divinópolis, com idade média de 18,67±5,63 e com tempo médio de prática de 10,1±2,86 anos. O instrumento utilizado foi o Questionário de Burnout para Atletas (QBA). Os dados foram analisados através de estatística descritiva e dos testes de Shapiro-Wilk, U de Mann-Whitney e Wilcoxon. Os resultados mostraram que os bailarinos de ambos os sexos apresentaram índices baixos e moderados nas dimensões de burnout e no burnout total. Para ambos os sexos houve diferenças na percepção da dimensão reduzido senso de realização em relação às dimensões exaustão física e emocional e desvalorização esportiva.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/23286

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.