Análise das Características Demográficas, Ergonômicas, Morfológicas, Fisiológicas e de Desempenho Esportivo de Atletas Brasileiros de Rúgbi e Basquetebol em Cadeiras de Rodas

Por: Saulo Fernandes Melo de Oliveira.

217 páginas. 2018 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Introdução: o rúgbi e o basquetebol em cadeiras de rodas são esportes com grande acúmulo de informações a respeito de variáveis intervenientes sobre o desempenho dos atletas, e isto ocorre pela evolução dos métodos e instrumentos de coleta de dados disponíveis. Ainda que se reconheçam interações isoladas de algumas variáveis sobre o desempenho nesses esportes, não estão disponíveis investigações que avaliem, de forma conjunta, as influências dessas variáveis sobre o desempenho nessas modalidades. Objetivos: a) verificar as possíveis associações entre o desempenho de velocidade e a resistência ao rolamento das cadeiras de rodas em atletas de rúgbi paralímpico; b) comparar a composição corporal de pessoas com lesão medular praticantes e não praticantes de rúgbi e basquetebol em cadeiras de rodas; c) verificar as contribuições de fatores ergonômicos, morfológicos e fisiológicos sobre o desempenho esportivo de atletas de rúgbi em cadeiras de rodas; e d) verificar as contribuições desses fatores sobre o desempenho esportivo de atletas de basquetebol em cadeiras de rodas. Materiais e Métodos: a presente pesquisa dividiu-se em 4 investigações. Estudo 1: dezesseis atletas de rúgbi em cadeiras de rodas foram selecionados para verificação do impacto da resistência ao rolamento sobre o desempenho de velocidade com o controle pela classificação funcional. Estudo 2: trinta e oito pessoas, com lesão medular, foram divididos em 4 grupos (paraplégicos sedentários, N=7; paraplégicos praticantes de basquetebol, N=11; tetraplégicos sedentários, N=8 e tetraplégicos praticantes de rúgbi, N=10), tendo medidas antropométricas coletadas para verificação dos indicadores de massa muscular e massa gorda. Estudo 3: para verificar as associações entre características clínico-demográficas, ergonômicas, morfológicas, fisiológicas e de desempenho esportivo, 10 atletas de rúgbi em cadeiras de rodas foram selecionados e participaram de três dias, de coleta, distintos. Estudo 4: no intúito intuito de analisar as associações entre características clínico-demográficas, ergonômicas, morfológicas, fisiológicas e de desempenho esportivo, 15 atletas de basquetebol em cadeiras de rodas participaram do estudo. Resultados do estudo 1: a resistência ao rolamento esteve correlacionada de maneira negativa e significativa com o desempenho de velocidade. Resultados do estudo 2: pessoas com lesão medular praticantes de esportes em cadeiras de rodas apresentam melhores indicadores de massa magra e de massa gorda em comparação aos seus congêneres destreinados. Resultados do estudo 3: a massa magra e a capacidade aeróbia influenciam de maneira significativa o desempenho esportivo no rúgbi em cadeira de rodas, independente da classificação funcional dos atletas. Resultados do estudo 4: as capacidades aeróbia e anaeróbia estão associadas de maneiras significativas com o desempenho esportivo no basquetebol em cadeiras de rodas, mesmo após o controle pela classificação funcional dos atletas e resistência ao rolamento das cadeiras de rodas. Conclusões: a resistência ao rolamento pode constituir-se em um elemento importante para o controle do desempenho de velocidade no rúgbi em cadeiras de rodas, independente da classe funcional e da idade do atleta. Existem diferenças significativas entre pessoas com lesão medular praticantes e não praticantes de esportes. Verifica-se que os aspectos morfológicos ligados à massa magra e massa gorda, juntamente com a capacidade aeróbia, contribuem de maneira importante para o desempenho no rúgbi em cadeiras de rodas. As capacidades metabólicas aeróbia e anaeróbia podem contribuir de maneira significativa para o desempenho esportivo geral dos atletas de basquetebol em cadeiras de rodas, especialmente, considerando a classe funcional e a resistência ao rolamento das cadeiras de rodas. 

Endereço: http://w2.portais.atrio.scire.net.br/upe-papgef/index.php/pt/doutorado/teses-doutorado

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.