Análise das Necessidades do Enfermeiro Para Atuação Junto à Criança Portadora de Deficiência

Por: Ieda Harumi Higarashi.

99 páginas. 1994

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho representa uma tentativa no sentido de melhor conhecer os comportamentos e conceitos do profissional enfermeiro num campo bastante específico de sua atividade: a atuação junto à criança portadora de deficiência. A questão básica e norteadora deste trabalho poderia ser assim resumida: quais as necessidades de aprendizagem do profissional enfermeiro para lidar com crianças portadoras de deficiência, baseada em sua vivência e prática profissional atual e na realidade em que se encontra inserido? ,Assim sendo, o trabalho se fundamentou especialmente nos depoimentos desses profissionais, colhidos através de entrevistas. Os conhecimentos e marcos teóricos consultados, a nível nacional e internacional tiveram um caráter complementar, de modo a permitir subsidiar discussões, contextualizar questões de estudo e traçar paralelos comparativos entre as realidades consideradas. A partir deste procedimento, viabilizou-se a proposição de oito itens temáticos possíveis de subsidiar um programa de formação de enfermeiros para a atuação junto à pessoa portadora de deficiência, particularmente a criança, baseada em uma determinada realidade regional. Em função dos limites estabelecidos para o trabalho, foi possível verificar o caráter não conclusivo do mesmo, que representa antes de mais nada, um primeiro esforço no sentido de melhor conhecer um dos pontos de intersecção da Educação Especial com a atuação dos diversos segmentos profissionais; buscando-se assim, estimular e subsidiar novos trabalhos e pesquisas nesta área.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2049&listaDetalhes%5B%5D=2049&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.