Análise de Níveis Desenvolvimentais nas Habilidades de Controle de Objetos em Pré-escolares

Por: Anderson Henry Feitoza, Dayana da Silva Oliveira, Ilana Santos de Oliveira, Natália Barros Beltrão e Teresinha de Jesus Sousa Lima.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.32 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O contato intencional e controlado com objetos é a meta das habilidades de controle de objetos e espera-se que as mudanças em tais habilidades apareçam em uma sequência progressiva de níveis desenvolvimentais, com o aumento da idade cronológica. O sexo é um fator a ser melhor estudado neste contexto. Este estudo investigou os níveis desenvolvimentais (inicial, intermediário e avançado) em habilidades de controle de objetos em pré-escolares, segundo idade e sexo. A amostra foi composta por 342 crianças, de 3, 4 e 5 anos (187 meninos). O TGMD-2 foi usado para avaliar o desempenho nas habilidades rebater, quicar, receber, chutar, arremessar e rolar. Diferenças entre grupos e sexos foram analisadas com testes não paramétricos; o teste Qui-quadrado foi usado para identificar o percentual de crianças nos níveis desenvolvimentais das habilidades, em cada idade

Endereço: http://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/166660

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.