Análise de Regressão Linear: Abordagem Tradicional e Espacial em Um Estudo de Caso

Por: Ana Julia Righetto e Vilma Mayumi Tachibana.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.7 - n.3 - 2015

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Analisar a qualidade de vida e renda dos munícipes da cidade de Presidente Epitácio, São Paulo, por meio de métodos estatísticos.

MÉTODOS: O estudo foi realizado com base em um questionário aplicado aos moradores de Presidente Epitácio, São Paulo, no ano de 2008, como parte da pesquisa desenvolvida por Santos (2010), na qual foram considerados os 47 setores censitários do município definidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o censo demográfico de 2000. Para a análise estatística, foram utilizados os modelos de regressão linear simples e múltipla e, posteriormente, foi considerada a dependência espacial das observações por meio do modelo espacial autorregressivo misto (Spatial AutoRegressive - SAR) e do modelo de erro espacial (Conditional AutoRegressive - CAR). Todos os procedimentos estatísticos e computacionais foram realizados com auxílio dos programas Minitab 17 e GeoDa.

RESULTADO: Após uma análise exploratória prévia e ajuste do modelo de regressão linear clássico, verificou-se a necessidade da inclusão da dependência espacial nas variáveis em estudo. Dentre os modelos espaciais ajustados, verificou-se, por meio de critérios estatísticos, que o modelo CAR é o mais adequado para descrever o problema considerado. O modelo foi capaz de apontar que a região mais ao sul da cidade de Presidente Epitácio, São Paulo, possui qualidade de vida mais baixa, ao passo que as regiões norte e nordeste do município possuem qualidade de vida mais alta.

CONCLUSÕES: A metodologia aplicada se mostrou uma poderosa ferramenta no que tange à distinção de áreas que apresentam maior ou menor qualidade de vida no município de Presidente Epitácio, São Paulo. Com isto, esta pesquisa pode oferecer subsídios para a criação de políticas públicas específicas para cada uma das regiões (setores censitários) da cidade 

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/3026

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.