Análise Discursiva do Programa Academia da Cidade de Belo Horizonte/mg

Por: Leonardo Antônio Soares e Marcos Gonçalves Maciel.

Licere - v.19 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

A atividade física praticada no tempo livre ou como lazer, tradicionalmente é utilizada como meio profilático. Assim sendo, este trabalho tem como objetivo analisar o conteúdo do programa Academia da Cidade em Belo Horizonte/MG. Adotamos como base teórica a Análise Crítica do Discurso proposta por Fairclough, pelo fato de ser considerada uma teoria potencial para o entendimento das relações de poder e das ideologias frequentemente presentes no discurso. O texto analisado apresenta um discurso de que a prefeitura cumpre a sua responsabilidade social ao oferecer a prática de atividade física orientada e gratuita à população. A prática social discutida nesse discurso é o da atividade física como fator de promoção da saúde e qualidade de vida, mas com o intuito de se prevenir as doenças crônicas não transmissíveis, o que denota uma perspectiva funcionalista para essas atividades e, não como meio de lazer crítico e criativo.

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/1532

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.