Análise dos Inicadores da Aptidão Física em Escolares Que Realizam as Aulas de Educação Física na Grade Curricular e Atividade Física Extracurricular.

Por: Emilio Cesar Macuco.

67 páginas. 2008 28/03/2009

Send to Kindle


Resumo

Objetivos: Analisar os indicadores da aptidão Física relacionada à Saúde em escolares que praticam atividade física extracurricular, comparado aos que somente realizam as aulas de Educação Física ofertadas na grade curricular das escolas da rede Municipal de Ensino da cidade de Curitiba. Metodologia: A amostra foi constituída de 424 meninos e 402 meninas totalizando 826 crianças com idade cronológica de nove anos (108 meses). Inicialmente foi mensurada a massa corporal e a estatura para se obter os valores de índice de massa corporal (IMC). Mensurouse o percentual de gordura por meio do método de dobras cutâneas, e também a circunferência de cintura de todos os avaliados para se obter a classificação da composição corporal. Em seguida realizou-se o teste de sentar e alcançar para se obter os valores numéricos de flexibilidade e para estimar a capacidade cardiorespiratória foi utilizado o 20-m Shuttle Run Test ou Teste de Ida e Volta em 20 metros. Os dados coletados foram analisados no pacote estatístico SPSS versão 10.0 utilizando-se os seguintes recursos: primeiramente foram submetidos ao teste de normalidade de Shapiro-Wilk, em seguida foram submetidos ao Teste t independente de Student, com valor de significância de p<0,05. Resultados: Os resultados deste trabalho estão dentro dos referencias adequados de saúde para todos os grupos estudados, sendo que os grupos que desenvolvem Atividade Esportiva Extracurricular apresentaram vantagem estatisticamente significativa para as variáveis: Capacidade Cardiorespiratória, Percentual de Gordura, Circunferência de Cintura e Índice de Massa Corporal nos grupos masculinos e somente na variável de Capacidade Cardiorespiratória nos grupos Femininos, quando comparadas aos grupos que realizam somente as Aulas de Educação Física ofertadas na grade curricular. Conclusão: Os valores obtidos encontram-se dentro dos padrões normais, o que demonstra que tanto a Educação Física proposta na grade Curricular das escolas da Secretaria Municipal de Educação da Cidade de Curitiba, como as Atividades Físicas Extracurriculares, estão trazendo benefícios aos seus praticantes. Palavras chaves: crianças, aptidão física, atividade física. Pode-se observar também que mesmo os valores sendo considerados adequados, os praticantes de Atividades Físicas Extracurriculares, apresentam uma ligeira vantagem nas variáveis acima citadas tanto nos grupos masculinos como nos grupos femininos, sendo que a realização de tais atividades são aconselhadas para a obtenção de uma melhor aptidão física desde a infância até a idade adulta.

Endereço: http://hdl.handle.net/1884/21206

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.