Análise dos Padrões Ofensivos da Seleção Espanhola de Futebol na Copa do Mundo Fifa®2010 em Relação Ao Status da Partida

Por: Emerson Luciano Moraes, Felippe Cardoso e Israel Teoldo.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.28 - n.3 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho teve por objetivo analisar o comportamento tático da seleção espanhola de futebol durante a Copa do Mundo FIFA(r) 2010, considerando o resultado parcial das partidas, em quatro diferentes situações: "Empate", "Vitória+1", "Vitória+2", e "Derrota-1". A amostra foi composta por 894 sequências ofensivas da seleção espanhola nos seus sete jogos durante a competição. Para a coleta dos dados recorreu-se às observações dos vídeos dos jogos gravados a partir de transmissões de uma estação de televisão. Foram analisadas as variáveis de jogo: Tempo de realização do ataque, Número de contatos com a bola, Número de bolas recebidas/Número de passes, Velocidade de transmissão da bola, Local de aquisição ou recuperação da posse de bola e Forma de aquisição ou recuperação da posse de bola. Para análise dos dados, utilizou-se estatística descritiva e os testes de Qui-quadrado e Kruskal-Wallis (p < 0,05). Foram verificadas diferenças significativas apenas para as variáveis "Velocidade de transmissão da bola", "Local e Forma de aquisição e recuperação da posse de bola". Em suma, foi possível inferir que o comportamento tático do time espanhol não sofreu alteração significativa no decorrer da competição, independente do "status" da partida.

Endereço: http://dx.doi.org/10.1590/1807-55092014000300361

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.