Análise dos Projetos Esportivos da Secretaria Municipal de Educação da Cidade de Curitiba

Por: .

163 páginas. 2010 21/01/2010

Send to Kindle


Resumo

O esporte segundo Pierre Bourdieu é um fenômeno marcante e exerce influência direta na sociedade, sendo possível observarmos sua inserção e manifestações em diversos momentos, entre estes sua utilização nas políticas públicas. Este trabalho tem como objetivo diagnosticar a estrutura e o funcionamento dos projetos esportivos da Secretaria Municipal de Educação (SME) da cidade de Curitiba-PR, como também visualizar os objetivos e funções para esta secretaria, estabelecendo relações com os objetivos e funções na concepção dos professores e coordenadores, que são os agentes responsáveis pela xecução das ações. Para tanto, realizamos uma pesquisa de cunho qualitativo, utilizando como estratégias metodológicas a entrevista semi-estruturada com os agentes envolvidos na operacionalização das ações: um gestor da SME, três coordenadores e três professores. Além das entrevistas também fizemos a análise de documentos que direcionam as ações dos projetos, e dos documentos que orienta a gestão da SME. A análise dos dados foi feita triangulando as três fontes utilizadas: as entrevistas com os agentes, os documentos norteadores, e os dados obtidos com o desenvolvimento do referencial teórico que englobou a análise do esporte com um olhar sociológico, a teoria reflexiva de Pierre Bourdieu, diferentes possibilidades de manifestação do esporte e sua utilização pelo poder público. Assim visualizamos que os projetos esportivos podem ter diferentes objetivos diferenciados nas modalidades em que são ofertadas. Como considerações finais podemos afirmar que os objetivos e funções da SME estão em consonância com os objetivos e funções dos coordenadores e professores. Entre estes objetivos podemos destacar a democratização esportiva, a transmissão de valores morais e educacionais através do esporte, promover o resgate social dos alunos com o aumento do seu tempo de permanência na escola, formar atletas e detectar talentos. Através do diagnóstico da estrutura e do funcionamento dos projetos julgamos que alguns desses bjetivos não são possíveis de serem realizados, pois não proporcionam as condições estruturais para tal, pois pensar a formação de atletas a partir da adaptação dos espaços físicos é um conceito equivocado; e ainda julgamos errônea a idéia de visualizar a oferta esportiva como um meio auxiliar para obtenção de outros direitos sociais, e não o desenvolvimento esportivo em si. Desta forma a partir deste estudo consideramos que a SME deve focar o trabalho com os projetos esportivos visando à demo ratização da prática esportiva, com um caráter educacional, considerando as demandas propostas pelos agentes, e criando mecanismos de participação e avaliação dos envolvidos, para que todos que tenham interesse na prática tenham possibilidades de acesso.

Endereço: http://hdl.handle.net/1884/24302

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.