Análise Electromiográfica do Levantamento Manual de Carga em Diferentes Posturas, Altura Inicial da Carga e do Uso de Cinto Pélvico.

Por: E. P. Cerqueira e M. Gonçalves.

VI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O ato de levantar um peso está incluído muitas vezes nos movimentos que realizamos durante todo o dia. Mesmo que sua massa seja pequena, realizamos este levantamento manual de carga muitas vezes automaticamente, sem que tenhamos consciência dos mecanismos de exigência sobre o organismo, necessários para que esta carga possa ser elevada ou sustentada. CHAFFIN & ANDERSSON (1984), quando, relacionando a incidência de lesões ocorridas principalmente por levantamentos de carga em situações de trabalho, relatam que a NIOSH (National Institute for Ocupational Safety and Health) constatou que as taxas de lesões músculo-esqueléticas, isto é, o número de lesões por hora/homem no trabalho, e taxas de severidade, ou seja, o número de horas perdidas devido às lesões por hora/homem no trabalho, aumentam significativamente quando: objetos pesados e volumosos, são levantados, ou quando são levantados ao nível do solo e (com certa frequência), posição do objeto com respeito ao corpo, período de duração da atividade. O aumento de risco de lesões e fadiga para alguns indivíduos existe se não cuidadosamente selecionados e treinados para as tarefas de levantamento. FREIVALDS et al., (1984) citam que para a National Safety Council o levantamento de cargas pesadas causam um alto "stress" no sistema músculo esquelético, resultando em 25% de toda perda de tempo nos acidentes na indústria. No Brasil, com o objetivo de melhorar as condições de segurança no trabalho na engenharia civil, a FUNDACENTRO (s/d), apresenta os procedimentos corretos para o levantamento e transporte manual de pesos, ao mesmo tempo limitando a quantidade de carga de acordo com a idade: adultos 18 a35 anos, homens 40Kg, mulheres 20Kg; de 16 a 18 anos, homem, 16Kg, mulher, 8 Kg; menos de 16 anos, proibido o levantamento de carga; entre 16 e 18 anos recomenda-se que o levantamento seja no máximo 40% do peso indicado para adultos e para as mulheres que o valor máximo de levantamento seja de 50% do valor indicado para o homem. Com estas evidências anatômicas e mecânicas, e do nível de exigência que se impõe ao organismo ao se levantar um peso, assim como sugere ADRIAN & COOPER (1989), existirem variáveis que devem ser levadas em consideração como, a postura articular, e o peso do objeto, o presente estudo discute algumas alternativas posturais para levantar um peso, tendo assim como objetivo principal, a atividade eletromiográfica dos músculos reto da coxa, bíceps da coxa (cabeça longa), reto do abdome, oblíquo externo do abdome, eretor da espinha durante o levantamento manual de carga em função de três, das muitas variáveis que existem durante o levantamento manual de carga como: a postura, a altura inicial da carga, e como um provável acessório, um tipo de cinto pélvico.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.