Análise do Estresse e Ansiedade em Bailarinos e Bailarinas Profissionais na Pré-estréia de Um Espetáculo de Dança

Por: Fátima Nogueira Gonçalves de Sousa.

99 páginas. 2002

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi avaliar a ocorrência de estresse e ansiedade em bailarinos e bailarinas profissionais na pré-estréia de um espetáculo de dança. Para a coleta dos dados foi desenvolvido um questionário, específico para a área de dança, visando avaliar situações de carga psíquica nesta modalidade artística, utilizando-se de uma escala do tipo Likert. Este questionário foi constituído de dezessete perguntas abordando itens que incluem a avaliação de sintomas psicológicos e fisiológicos e de um outro item que aborda um sintoma sociológico, os quais estão relacionados com a ocorrência de estresse e ansiedade. Este foi aplicado, pela autora, a um grupo profissional de dança da cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, Grupo de Dança Seraquê, que constituiu a amostra para o Projeto Piloto, para avaliar o seu entendimento. Foram convidados a participar, como amostra para o Projeto Principal da pesquisa, quatro grupos profissionais de dança da cidade de Belo Horizonte: Grupo Corpo, Companhia de Dança de Minas Gerais, Primeiro Ato e Grupo Camaleão. Para a análise estatística dos dados coletados foi utilizado o software Statistical Package for Social Sciences - SPSS 11.0, 2001. A análise estatística das respostas ao questionário permitiu concluir que tanto os bailarinos quanto as bailarinas que participaram desta pesquisa apresentaram sintomas bem definidos que indicaram a presença de estresse e ansiedade por ocasião na pré-estréia de espetáculos de dança. Entretanto, deve-se salientar que as bailarinas apresentaram mais sintomas e maiores escores que aqueles dos bailarinos, permitindo chegar-se à conclusão que os mesmos têm comportamento diferente no que diz respeito à ocorrência de estresse e ansiedade. Considerando que qualquer variação na freqüência cardíaca pode estar relacionada à ocorrência de estresse e ansiedade foram, ainda, feitas medidas uma semana antes e no dia da pré-estréia, cerca de uma hora antes da apresentação do espetáculo. A análise estatística dos dados mostrou que, no caso das bailarinas, a freqüência cardíaca aumentou no dia da apresentação do espetáculo de dança, quando comparada a medida da freqüência cardíaca tomada uma semana antes da apresentação. Por outro lado, no caso dos bailarinos a freqüência cardíaca não mostrou variação estatisticamente significativa. Portanto, não ficou evidenciado se o estresse e a ansiedade alterados irão interferir na freqüência cardíaca.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1254&listaDetalhes%5B%5D=1254&processar=Processar

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.