Análise Iconográfica e Interpretação Iconológica da Educação Física: a Partir da Utilização de Memes Vinculados no Ciberespaço

Por: Murilo E. S. Nazário e Tays Toe.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

É sabido que a tecnologia teve sua origem na revolução industrial, com o intuito de reduzir a mão de obra e consequentemente os gastos, aumentando a velocidade e quantidade dos produtos produzidos. A partir de então surgiram novas tecnologias com diferentes finalidades, uma delas é a internet, criada na Guerra fria pelos norte americanos, com propósitos militares, para poderem se comunicar com o exército, caso o oponente destruísse os meios de comunicação vigentes, uma vez que tal aparato constituía-se como rede independente dos centros de comando e controle, sendo assim, uma forma de comunicação mais segura. Houve então um boom da internet, e com ele a criação de redes sociais como MSN, ORKUT, que ao longo dos anos foram sendo substituídas por FACEBOOK, TWITTER, INSTAGRAM, WHATS APP. Essas redes trazem consigo a ideia de comunicação e interação entre pessoas e grupos, produzindo diferentes formas de linguagem, sejam elas escritas, sonoras, auditivas e imagéticas, uma dessas maneiras são os MEMES. Os MEMES foram criados antes mesmo da popularização da internet, com o intuito de compartilhamento e identificação imediata de ideias e representações repassadas de pessoa a pessoa através da repetição por identificação o signo imagético apresentado. Nos dias de hoje, são imagens criadas a partir da identificação das pessoas por algo que elas vivenciam e compartilham de forma leve e cômica, que rapidamente viralizam. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.