Análise Independente e Combinada do Nível de Atividade Física com o Comportamento Sedentário e Sarcopenia em Idosos

Por: Socorro Fernanda Coutinho dos Santos.

2017 09/03/2017

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivos avaliar a associação da atividade física e do comportamento sedentário, de forma independente e conjugada, com a sarcopenia e analisar o poder preditivo e identificar os pontos de corte da atividade física, em seus diferentes domínios e do tempo exposto ao comportamento sedentário para a presença de sarcopenia em pessoas idosas. Este estudo é parte integrante do projeto ELSIA – Estudo Longitudinal de Saúde do Idoso de Alcobaça, BA, com amostra de 284 idosas cadastradas na Estratégia de Saúde da Família com idade de 60 anos ou mais, residentes na área urbana do município de Alcobaça, BA. Os dados foram coletados com uso de questionário aplicado em forma de entrevista individual, com informações sociodemográficas, indicadores de saúde, atividade física habitual, exposição ao comportamento sedentário e testes de desempenho físico. A atividade física foi avaliada por meio do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ) e a exposição ao comportamento sedentário foi avaliada considerando o tempo total gasto sentado durante um dia na semana e um dia no final de semana por meio do domínio tempo sentado do IPAQ. A sarcopenia foi diagnosticada por meio da massa muscular (índice de massa muscular), força muscular (força de preensão palmar) e desempenho físico (velocidade de marcha). Para análise de dados foram utilizados procedimentos da estatística descritiva e inferencial (Qui-quadrado e regressão binária) e curvas Receiver Operating Characteristic (ROC) p≤0,05. A prevalência de sarcopenia foi de 16,4% (n=47). A presença de sarcopenia foi associada isoladamente com a maior exposição ao comportamento sedentário no final de semana (OR=4,42 IC95%1,24-15,78), no entanto, quando combinada a atividade física com o comportamento sedentário não foram encontradas associações significativas. As atividades físicas de intensidade moderada ou vigorosa acumuladas em diferentes domínios, durante ≤ 140 min.sem-1, e a exposição ao comportamento sedentário durante ≥460 min.dia-1 apresentaram os melhores pontos de corte para predizer a sarcopenia. A adoção de políticas públicas adequadas voltadas para redução do tempo exposto ao comportamento sedentário são fatores importantes a serem considerados afim de proporcionar uma melhoria na saúde e consequentemente proporcionando um envelhecimento mais saudável.

Endereço: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/379

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.