Análise do Nível de Ansiedade de Jovens Atletas da Modalidade de Futsal

Por: Angeli Graças B. Villas Bôas, Kátia Maria Kuczynski, , Marcelo da Silva Villas Bôas, Paulo Henrique Santos da Fonseca e Ricardo Weigert Coelho.

Conexões - v.10 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O estudo teve como objetivo avaliar o nível de ansiedade estado competitiva em jovens atletas de futsal do Estado do Paraná. A amostra foi composta por 48 atletas. Como instrumento foi utilizado o CSAI-2. Para a análise dos dados foi utilizado o teste Shapiro Wilk e A ANOVA ONE WAY e test “t” Student. Os resultados mostraram que a ansiedade cognitiva apresentou as maiores médias, sem diferenças significativas com a ansiedade somática e autoconfiança. Os níveis de ansiedade tiveram valores medianos, nível este considerado bom para uma modalidade de contato físico como é o caso do futsal. Conclui-se que: não houveram diferenças significativas nos níveis de ansiedade dos atletas, considerando a classificação das equipes, posição dos jogadores e se atuaram como titular ou reserva.

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/656

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.