Análise da Organização Competitiva de Crianças e Jovens: Adaptações Estruturais e Funcionais

Por: Denise Fusverki, Jorge Silveira, e .

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.36 - n.3 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O objetivo da presente pesquisa foi analisar a organização de competições em federações esportivas de diferentes modalidades. A partir da análise de documentos oficiais, foram avaliadas 14
federações esportivas e suas respectivas idades de início da participação competitiva, a divisão de categorias, alterações estruturais e alterações funcionais. Os resultados encontrados apontam que o início das competições oficiais em todas as modalidades esportivas, com exceção do atletismo e da natação, ocorre antes dos 10 anos de idade. Com relação às modificações estruturais, a federação de futebol é a que menos propõe mudanças, alterando apenas o seu tempo de jogo. As federações de basquetebol, handebol e ginástica estabelecem o maior número de mudanças estruturais, respeitando as particularidades do público infantojuvenil. Quanto às modificações funcionais, a federação de voleibol apresenta o maior número de alterações, que se referem à execução de fundamentos (saque, bloqueio), ações de jogo (levantamento, número de atacantes) e limitações táticas nas primeiras categorias. As alterações apresentadas pelas federações paranaenses revelam clara preocupação com adaptações para o melhor aproveitamento da prática esportiva pelos jogadores, respeitando pressupostos pedagógicos da formação esportiva a longo prazo. No entanto, o início do envolvimento competitivo parece ocorrer antes das idades recomendadas pela literatura especializada, favorecendo o surgimento de um quadro de especialização esportiva precoce destes jovens atletas.

Endereço: http://www.rbceonline.org.br/pt/analise-da-organizacao-competitiva-criancas/articulo/S0101328914700101/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.