Análise do Perfil de Liderança dos Treinadores das Categorias de Base do Futebol Brasileiro.

Por: Dietmar Martin Samulski, Israel Teoldo da Costa e Varley Teoldo da Costa.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.23 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem o objetivo de analisar o perfil de liderança dos treinadores das categorias de base do futebol brasileiro. Para a coleta de dados, utilizou-se um questionário de identificação da amostra e a Escala de Liderança Revisada para o Esporte (ELRE), versão auto-percepção. Participaram deste estudo 109 treinadores com média de idade de 38,64 anos (± 10,33) e uma média de tempo de envolvimento na função de treinador igual a 7,05 anos (± 6,01). Os treinadores entrevistados advinham de quatro categorias: sub-20 (33 treinadores), sub-17 (28 treinadores), sub-15 (25 treinadores) e sub-13 (23 treinadores). A análise estatística foi realizada no SPSS versão 11.0. Os resultados mostraram que os treinadores se auto-percebem como sendo mais autocráticos e voltados para os aspectos de treino-instrução de suas equipes. Constatou-se que não houve diferença entre as percepções dos treinadores que trabalham nas quatro categorias de base coletadas. Em relação à forma de trabalho desses treinadores em suas equipes conclui-se que eles são autocráticos e mostram uma preocupação com a conduta educativa e de instrução, denotando preocupação com a melhoria do desempenho técnico, tático e motivacional das equipes. Conclui-se também, que os profissionais entrevistados mostram perfis de liderança semelhantes independentemente da categoria na qual eles estão trabalhando no momento.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-55092009000300001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.