Análise da Postura Dinâmica e do Desempenho no Salto Vertical

Por: Tatiana Motta Fresnel.

2014

Send to Kindle


Resumo

A hiperextensão dos joelhos pode comprometer o controle postural durante o salto vertical. Desta forma, o objetivo deste estudo foi analisar o deslocamento do Centro de Pressão (CP) e o movimento em membros inferiores durante o salto vertical de sujeitos com joelhos hiperestendidos comparativamente com sujeitos com joelhos alinhados no período de preparo do salto. Dezesseis mulheres foram analisadas durante o salto vertical, através de uma plataforma de força modelo AMTI. Os sujeitos foram enquadrados nos grupos Sujeito-Hiperestendido (n=11) e Sujeito-Alinhados (n=5) de acordo com o alinhamento dos joelhos na avaliação postural tradicional e a análise dos dados cinématicos foram efetuadas. Os sujeitos foram orientados a se posicionar sobre uma plataforma de força e saltar o mais alto possível. A cinemática foi adquirida através de câmera em posição padronizada ao lado direito do sujeito que teve os seguintes pontos anatômicos marcados: 5º metatarso, maléolo lateral, cabeça da fíbula e trocânter maior. A fase de preparo e de impulso, neste estudo chamado de fase de preparo, foi determinada pela curva de velocidade angular do joelho. A aterrissagem foi analisada no 1s, 2s e 3s após aterrissagem. Foram calculados para comparação o CP-AP, o CP-ML e o ângulo e velocidade angular máxima e mínima do tornozelo e joelho. Comparação intergrupos dos intervalos de interesse foi realizada aplicando-se Teste de Mann- Whitney aos dados (p<0.05). Comparação intragrupo, entre os intervalos de interesse foi realizada aplicando-se o teste de Friedman seguido do teste de Wilcoxon (p<0.05). Este estudo revelou que indivíduos com hiperextensão de joelhos apresentam controle postural diferente dos com joelhos alinhados durante a execução do salto vertical. Durante a fase de preparo os indivíduos com joelhos hiperextendidos apresentam maior ângulo de extensão de joelhos e maior deslocamento lateral do COP. Durante a fase de aterrissagem os indivíduos com joelhos hiperextendidos apresentam maior ângulo de extensão e menor ângulo de flexão demandando menor deslocamento lateral do COP do que os indivíduos alinhados

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-24022010-150132/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.