Análise da Potência Muscular nos Músculos Extensores do Joelho em Jogadores de Basquetebol e Voleibol do Sexo Masculino

Por: .

63 páginas. 1994

Send to Kindle


Resumo

Com uma amostra de 12 jogadores de basquetebol e 13 jogadores de voleibol do sexo masculino com faixa etária entre 18 à 21 anos procurou-se atingir os seguintes objetivos: 1-determinar as características antropométricas e a composição corporal dos jogadores, 2- avaliar a potência muscular máxima (absoluta e relativa) dos músculos extensores do joelho através da dinamometria isocinética, 3- verificar a relação entre o teste de poetência isocinética e o teste de salto vertical e 4-comparar os resultados obtidos entre os jogadores das duas modalidades esportivas. Os jogadores foram submetidos a uma avaliação antropométrica e dois testes de potência muscular. A composição corporal foi determinada através da equação proposta por JACKSON & POLLOCK (1978). O teste de salto vertical foi realizado sem o auxílio dos membros superiores e a dinamometria isocinética executada para o movimento de extensão dos joelhos as velocidades de 60, 180, 240 e 300 graus por segundo. Foi verificado que os jogadores de basquetebol eram mais altos, mais pesados e possuíam maior quantidade de gordura corporal que os voleibolistas. Comparados em termos absolutos os dois grupos de jogadores apresentaram desempenho neuromuscular semelhante. Relativo ao peso corporal os jogadores de voleibol foram superiores no salto vertical a na potência muscular isocinética máxima à 60 graus por segundo, e no testes de salto vertical quando corrigido pela massa corporal magra. No relacionamento entre o teste de potência muscular isocinética máxima e o teste de salto vertical foram encontrados correlações moderadas para altas em termos absolutos nas velocidades de 180 e 300 graus por segundo para os jogadores de basquetebol) e 180 e 240 graus por segundo para os de voleibol. Resultados semelhantes ocorreram para os praticantes de basquetebol relativo ao peso corporal e a massa corporal magra, contudo para os voleibolistas as relações foram de baixas para moderados relativas as variáveis de composição corporal.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=131&listaDetalhes%5B%5D=131&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.