Análise da Prática de Esporte Entre Escolares das Redes Pública e Particular de Uberaba/mg

Por: Pedro Lourenço Katayama.

III Congresso de Ciência do Desporto

Send to Kindle


Introdução: diversos estudos têm demonstrado a importância do esporte na infância e na adolescência, demonstrando ser necessário que haja um estímulo à prática de esportes nessa fase da vida desses indivíduos. Dentre os ambientes destinados à prática, uma análise preliminar permite-nos inferir que o contexto escolar, por meio de atividades curriculares e extracurriculares, é, sem dúvida, o ambiente propício para que a criança inicie a prática de alguma modalidade esportiva.

Objetivo: analisar se existem diferenças significativas da prática esportiva entre crianças e adolescentes pertencentes às escolas públicas e particulares do município de Uberaba/MG.

 Metodologia: o estudo caracterizou-se como uma pesquisa de delineamento transversal, de natureza descritiva. Os sujeitos investigados foram 710 alunos pertencentes à 3 escolas da rede pública e 4 escolas da rede particular de ensino, devidamente matriculados e freqüentando as aulas do 6° ao 9° ano do ensino fundamental, sendo 348 escolares de instituições da rede pública e 362 escolares de escolas da rede privada. Com relação aos procedimentos técnicos, foram utilizados o levantamento bibliográfico e uma pesquisa de campo por meio da aplicação de um questionário que teve como finalidade realizar um diagnóstico da prática de esporte de escolares do ensino fundamental (6° ao 9° ano) de escolas públicas e particulares do município. Os dados coletados foram analisados através do programa Microsoft®Access 2007.

 Resultados: dentre os principais resultados destacamos: nas redes pública e privada, 50% dos alunos praticam esporte regularmente, existindo uma prevalência da prática regular de esporte entre os alunos do gênero masculino tanto nas instituições da rede privada (63%) quanto nas instituições da rede pública (67%), enquanto que entre as alunas, na rede pública apenas 33% e na rede privada apenas 36% praticam algum esporte regularmente. No que concerne ao tipo de modalidade praticada, o estudo revelou que, com relação aos esportes coletivos, a prática da modalidade futebol foi predominante tanto para alunos das escolas públicas (26%) quanto para os alunos das escolas privadas (20%), seguida do voleibol, 15% e 11% respectivamente. Nas modalidades individuais houve a predominância da natação, sendo 13% para alunos das escolas públicas e 12% para alunos das instituições privadas. Com relação aos objetivos da prática, os alunos das escolas públicas destacaram a diversão (29%) como o principal objetivo, seguida de manutenção da saúde (18%) e manter a boa forma (12%).

 Conclusão: embora os dados da pesquisa não  tenham revelado diferenças significativas entre as instituições investigadas, entendemos ser importante considerar a existência de um grande potencial para se difundir a prática regular do esporte nas faixas etárias pesquisadas, considerando, principalmente, que apenas 50% dos alunos praticam sistematicamente alguma modalidade esportiva.

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.