Análise da Prática nas Diretrizes Curriculares de Educação Física

Por: .

III Congresso de Ciência do Desporto

Send to Kindle


Introdução: A concepção de prática, principalmente no processo de preparação profissional sofre grandes influências e, consequentemente produz uma preparação profissional equivocada e desconexa. Várias expressões são apresentadas no campo acadêmico e profissional da Educação Física com o objetivo de definir seu objeto de estudo e de intervenção acadêmico-profissional. No texto do parecer 58/2004 diferentes concepções são agrupadas e utilizadas para as orientações no processo de preparação profissional. Apesar do alerta registrado pelo legislador sobre a não imposição dos termos e expressões utilizadas no texto fica claro a falta de consenso no entendimento da área. E, assim a responsabilidade fica com as IES e seus professores.

Objetivo: O presente trabalho tem como objetivo analisar o significado do termo "prática" no documento oficial de preparação profissional em Educação Física. Metodologia: Para atingir este objetivo optou-se por uma análise documental da concepção de prática na Resolução CNE/CES 7/2004.

Resultados:
Em termos quantitativos, foi verificado que o termo prática aparece oito vezes no referido documento. Esta primeira análise serviu para posicionar sobre o status da discussão no referido documento. O próximo passo então foi analisar a concepção destes termos de acordo com a exposição nos textos da resolução.

Conclusão: A partir desta verificação percebe-se uma maior atenção para a prática no processo atual de preparação profissional em Educação Física. Porém, isso não garante a alteração de concepção do que vem a ser prática nesse processo. Enfim, é necessário a realização de mais estudos que analisem a concepção e organização da prática no processo de preparação profissional em Educação Física na tentativa de superar a visão de prática pela prática.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.