Análise da Relação Entre os Indicadores da Aptidão Física Relacionada à Saúde em Escolares de Escola da Rede Privada de Maringá/pr

Por: Paulo Tsuneta.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O estilo de vida contemporâneo, caracterizado pela redução do nível de atividade
física habitual e exercícios físicos, está diretamente associado à ocorrência de uma
série de distúrbios físicos e fisiológicos, que recebe a denominação de doenças
crônico-degenerativas. A aptidão física trabalhada dentro do paradigma relacionado
à saúde congrega os atributos biológicos que oferece proteção ao possível surgimento
de distúrbios orgânicos provocados pelo estilo de vida sedentário. Neste sentido,
com o intuito de desenvolver uma analise entre os indicadores de aptidão física
relacionados à saúde em escolares de uma escola da rede privada de Maringá/PR,
realizamos este estudo de característica descritiva. A amostra utilizada constituiu-se
de 1630 alunos, sendo 780 do sexo feminino e 850 do sexo masculino, com idades
entre 7 e 17 anos, matriculados e participantes efetivos das atividades escolares. A
coleta de dados foi realizada no período de agosto a setembro do ano de 2003,
durante as aulas de Educação Física do Colégio, pelos autores do estudo, professores
de Educação Física da Escola e estagiários do Curso de Educação Física devidamente
treinados para as coletas. Para analise dos parâmetros motores utilizou-se os critérios
de saúde estabelecidos pelo Physical Best (AAHPERD, 1988). Para a determinação
do sobrepeso e obesidade utilizaram-se os valores de corte para Índice de Massa
Corporal (IMC), sugeridos por DIETZ et al. (2000). A análise estatística incluiu o
cálculo dos valores em quartis. Os resultados produzidos são apresentados com a
freqüência e valores percentuais de alunos que atenderam os critérios para cada
quartil. Os principais resultados do estudo apontam o baixo índice de escolares que
atenderam o critério proposto para o Physical Best nos componentes de aptidão
cardiorrespiratória e força/resistência muscular em todas as idades, sendo que apenas
no componente de flexibilidade aproximadamente 50% dos escolares atenderam
os critérios. Como dados conclusivos verifica-se que a aptidão cardiorrespiratoria e
a componente de força/resistência muscular, apresentou em cada quartil, apenas
um pequeno percentual de escolares que atenderam os critérios de saúde,
principalmente no percentil 75. É importante observar que o quartil do percentil 75
representa os valores de corte para sobrepeso que são sugeridos por DIETZ et al.
(2000). Os resultados encontrados para as componentes de aptidão cardiorrespiratória
e força/resistência muscular, bem como aumento ...

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/63_Anais_p263.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.